Oruro: Vale a pena ir fora da Diablada?

Oruro é a capital do departamento de mesmo nome e surgiu como um acampamento temporário de mineiros que exploravam a prata da região. Atualmente a maioria das minas está abandonada, ou é explorada de forma bem menos intensa do que no passado e a cidade é conhecida mesmo por seu carnaval, a Diablada, que acontece entre fevereiro e março. Trata-se de uma festa religiosa de devoção à Virgen del Socavón (Virgem da gruta), que é homenageada com dança e música.

Oruro Bolívia Santuário

Chegamos a Oruro de ônibus, após uma viagem de 4h partindo de La Paz e minha primeira impressão não foi nada animadora, os arredores da rodoviária são realmente bem feios.

Decidimos utilizar Oruro como ponto estratégico, para que pudéssemos pegar ali o trem pra Uyuni. Sendo assim, reservamos pouco tempo para a cidade, apenas um fim de tarde e uma manhã. Obviamente não conseguimos conhecer todos os atrativos, mas gostei do que vi! E acho que vale uma visita sim, mesmo fora do período do carnaval.

Nos hospedamos na região central, bem mais simpática que o entorno da rodoviária e de lá conseguimos caminhar bastante pela cidade, conhecendo alguns pontos interessantes, sem a necessidade de transporte.

Plaza 10 de Febrero

O nome do espaço se deve à data em que ocorreu um dos gritos libertários da América Latina contra a coroa espanhola, 10 de fevereiro de 1781. A praça é bem arborizada, ornamentada com fontes, estátuas de animais feitas em bronze e um quiosque. Nos arredores há um cinema e o prédio da prefeitura.

Catedral

Situada ao lado da Plaza 10 de Febrero, é composta por uma mescla de estilos arquitetônicos e uma bela torre de pedra.

Santuário del Socavón

Santuário del Socavón

Localizado aos pés do monte Pie de Gallo, o santuário era no princípio apenas uma modesta capela dedicada ao culto da Virgen del Socavón, patrona dos mineiros. A construção atual, concluída em 1884, surgiu da necessidade de preservar melhor a imagem da santa, além de ter sido impulsionada pelas celebrações de carnaval em seu louvor, que estavam tomando proporções cada vez maiores.

Museo Sacro, Folklóriko, Arqueológico y Minero

Museu Minero - Oruro

Localizado dentro do Santuário del Socavón, o acesso é feito por um túnel baixo e estreito que liga a igreja a uma antiga área de mineração. Ali são expostas várias ferramentas utilizadas pelos mineiros tanto no período colonial como em épocas mais recentes e também há uma estátua de “El Tío”, o espírito diabólico da terra. Em seguida, o tour segue para uma exposição de fantasias folclóricas.

Entrada: Bs 20

Monumento a la Virgen del Socavón

Virgen del Socavón

Considerada a escultura mais alta do mundo, a estátua de virgem tem 45,4m de altura e está localizada no cerro (morro) Santa Bárbara, a 3.845m acima do nível do mar. É possível entrar em seu interior, que possui 8 andares e até uma capela. O manto da estátua é adornado com estrelas, que na verdade são janelas. Quando estive em Oruro o acesso à santa via transporte público estava fechado e não tive tempo hábil para ir a pé. Uma pena!

Figuras petrificadas

Outro ponto de interesse (que não tive tempo de conferir) foram as figuras petrificadas. As mais famosas são o sapo, que fica na zona norte da cidade e a víbora localizada na zona Sul de Oruro. Segundo a crença popular, essas figuras foram petrificadas por um feitiço feito pela Ñusta (nome quéchua para as princesas do Império Inca).

Onde comer

Minha sugestão de restaurante em Oruro é o “E&B”, localizado quase na esquina da Calle Sucre com a Potosí. Compramos uma ficha que nos dava direito ao prato do dia (entrada + prato principal + sobremesa).
A entrada foi uma sopa de quinoa, como prato principal tinha arroz, batata frita e bife (com opção de trocar o bife por ovo) e a sobremesa era melancia. Tudo muito farto e gostoso. Valeu a pena!

Valor da refeição Bs 30 (bebida à parte)

Onde Ficar

Hotel Gran Sucre
Diária em quarto duplo: Bs 300

Custos

Ônibus La Paz – Oruro / Empresa Aroma: Bs 20 
Imposto de Terminal: Bs 2
Trem Oruro – Uyuni: Bs 60 (Comprei o bilhete para a área “Salon”, que é o preço intermediário).

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *