Seis bons motivos para conhecer a capital colombiana

1 – Centro Histórico:

O Centro histórico de Bogotá mantém as características de sua construção colonial bem preservadas. O bairro, conhecido como La Candelaria, apresenta ruas estreitas de paralelepípedos e muitas ladeiras.

Praça Bolívar Bogotá

A Praça Bolívar pode ser um ótimo ponto de partida para explorar a região. A seu redor estão importantes construções, tais como: o Palácio de Justiça, o Congresso Nacional, a Prefeitura e uma bela catedral. No centro da praça, uma estátua homenageia o libertador Simon Bolívar e serve de descanso para uma infinidade de pombos que habitam a região.

Centro de Bogotá

Aproveite para conferir a programação do Centro Cultural Gabriel García Márquez, para tomar um cafezinho na famosa cafeteria Juan Valdez (localizada no próprio Centro Cultural), apreciar a arquitetura do Teatro Colón, visitar o Museu Botero e explorar uma ótima livraria localizada na mesma rua do Museu.

2 – Museu Botero:

Situado no bairro La Candelaria, centro histórico de Bogotá, em uma casa de dois andares, o Museu Botero possui um vasto e interessante acervo, composto pelas famosas estátuas e pinturas gordinhas do artista, além de obras de outros grandes mestres, tais como: Monet, Picasso, Matisse, Miró, Degas, entre outros.

Logo na entrada, a escultura de uma gigantesca mão de bronze, “Mano Izquierda”, garante as boas-vindas aos visitantes e é parada obrigatória para uma foto.

Mano Izquierda

O ambiente é muito agradável, há um pátio com um jardim bem cuidado no centro do museu e as salas com as obras estão bem organizadas.

Museu Botero

Botero

Obra Botero

Dentre as pinturas que mais gostei, destaco: “El ladrón”, “Niña comiendo helado”, além da divertida “Monalisa”, versão rechonchuda da obra de Leonardo da Vinci.

Endereço: Calle 11 # 4-41
Horário: Segunda a sábado: 9h às 19h (fecha às terças-feiras).
Domingos e feriados das 10h às 17h

Entrada gratuita!

3 – Cerro de Monserrate:

Cerro de Monserrate

Monserrate é o nome de uma montanha (Cerro), localizada a 3.152m acima do nível do mar, da qual se pode ter a melhor vista de Bogotá e apreciar o curioso contraste entre cidade e natureza que a capital oferece, já que seu relevo é totalmente contornado pelas montanhas dos Andes e suas construções mesclam-se com uma vasta área de vegetação preservada.

A subida dura cerca de 5 minutos e pode ser feita em teleférico ou funicular. Há também um caminho para peregrinação, para quem preferir vencer a distância andando. Os que optarem por essa forma de acesso devem preparar os pulmões! A altitude me deixou bem cansada (mesmo tendo subido de funicular).

No topo da montanha está localizado o Santuário do Senhor Caído, composto por uma capela e 14 estátuas distribuídas ao seu redor, que reconstituem as diferentes estações da Via Crucis.

4 – Zona Rosa:

A Zona Rosa é a região boêmia de Bogotá, está repleta de bares, restaurantes, baladas, além de muitas lojas de grife.

Nessa região também se encontra a Zona T, a intersecção de duas ruas (em formato de T), pelas quais não circulam carros. Jantamos por ali e depois optamos por um Pub, onde pudemos provar cerveja artesanal e ouvir mixes de salsa com rap e rock. A cabine do DJ era a parte da frente de um ônibus, muito interessante! Porém, a música estava altíssima… Impossível conversar por ali.

5 – Andrés Carne de Res:

Andrés Carne de Res

O Andrés Carne de Res é um restaurante/balada especializado em carnes, sua matriz fica na cidade de Chia, situada a cerca de 1h da capital. Dizem que esse é o melhor, porém, conhecemos apenas a filial, (Andrés DC), que fica em Bogotá, na Zona Rosa.

Sem dúvida um passeio imperdível! O local está dividido em 4 ambientes: Inferno, Terra, Purgatório e Céu. O principal tema da decoração é a vaca, que pode ser encontrada em várias cores e tamanhos em cada detalhe da decoração. Tudo é muito charmoso, até o banheiro é descolado, cheio de mensagens bem humoradas e itens que você nunca imaginaria encontrar em um banheiro, como uma gaiola, por exemplo!

Os garçons são jovens e divertem os clientes com performances e provocações. No dia da nossa visita eles organizaram uma banda, com muitos integrantes e diversos instrumentos musicais, todos estavam fantasiados e saíam pelo restaurante tocando e jogando papéis picados nos clientes.

Há também uma lojinha onde são vendidos souvenirs, um mais gracioso que o outro e todos a preço de ouro!

Bogotá
Calle 82 No 12-21
Tel (57-1) 8637880
Zona Rosa

6- Café Colombiano:

O café é um dos principais artigos de exportação da Colômbia e eles se orgulham muito da qualidade de seu produto. Um taxista me disse que apesar de o Brasil ser o maior exportador de café do mundo, o café colombiano tem qualidade superior à nossa. Será?! Desconfiada, fui tirar a prova…

A marca colombiana mais tradicional é a Juan Valdez, porém, me disseram que a concorrente GMA é melhor. Provei as duas, que podem ser degustadas em cafeterias com o mesmo nome da marca. Particularmente gostei mais do GMA.

A estrutura da cafeteria Juan Valdez se assemelha ao Starbucks, com o mesmo sistema de atendimento e estilo de guloseimas (ótimas, por sinal!). O ambiente é bem agradável, porém, tomar café em copo de papel não me anima muito…

Se o café deles é melhor que o nosso? Para não arrumar briga, eu diria que é tão bom quanto.

Onde Ficar:

Hostel Casona del Patio
Carrera 8 # 69, nº 24
reservas@lacasonadelpatio.net

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *