Urubici: Explore a Região Serrana de Santa Catarina

Gosta de frio? Então achou seu lugar no mundo! Esse pequeno município de Santa Catarina, com cerca de 11.000 habitantes, apresenta temperatura média de 13 graus e tem como recorde negativo a impressionante marca -17,8 graus, considerada a temperatura mais baixa já registrada no país.

Além do merecido título de uma das cidades mais frias do Brasil, Urubici orgulha-se também de ser a capital das hortaliças, destacando-se pelo cultivo da maçã. No entanto, é de suas belezas naturais o mérito de atrair cada vez mais turistas para o local. Cachoeiras, grutas, montanhas e cânions fazem da cidadezinha um ótimo roteiro de inverno.

Pedra furada - Urubici

Não tive tempo de visitar todos os pontos de interesse, mas gostei muito do que vi! Confira algumas opções abaixo:

Morro da Igreja – O termo “morro” que denomina a via de acesso à melhor vista da Pedra Furada é mais do que justo, trata-se de uma verdadeira pirambeira de 14 km, distância que alguns menos ajuizados tentam vencer correndo ou de bicicleta. Nossa opção foi ir de carro mesmo! Engana-se quem achar que vai encontrar uma igreja lá no topo, o caminho foi assim batizado em referência à Pedra Furada, que lembra a imagem de uma capela. O cume do Morro da Igreja registra a segunda maior altitude do sul do país, 1.822m.

Morro da Igreja

Importante: Antes de partir para o Morro da Igreja é necessário pegar uma autorização no ICMBIO (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade), esse órgão está localizado no Centro de Urubici, na Rua Felicíssimo R. Sobrinho, 1542. Após fornecer seus dados pessoais, o visitante receberá uma pulseira que dá direito ao acesso. Porém, programe-se para resolver essa parte burocrática pela manhã, já que o número de pulseiras fornecidas por dia é limitado e costuma esgotar rápido.

Pedra Furada – Localizada dentro dos limites do Parque Nacional de São Joaquim, essa é seguramente a imagem mais famosa de Urubici, uma rocha furada em sua parte central, incrustada em meio a uma extensa área verde e montanhosa. A trilha que leva até ela está fechada por tempo indeterminado e atualmente é possível contemplá-la apenas de longe.

Pedra furada Urubici

Serra do Rio do Rastro – Nas proximidades de Urubici, fazendo a ligação entre Lauro Muller e Bom Jardim da Serra, está a majestosa Serra do Rio do Rastro, que possui extensão de 23 km e é extremamente sinuosa. Diversos mirantes estão espalhados ao longo de sua extensão, pois a vista que se tem dali é realmente lindíssima.

Serra do Rio do Rastro

No topo da Serra há algum comércio e a presença frequente de quatis, animais silvestres que se mostram indiferentes às placas que proíbem sua alimentação e estão sempre farejando guloseimas.

Quatis - Urubici

Parque Eólico – Ainda em Bom Jardim da Serra, a 50 m do mirante mais alto da Serra do Rio do Rastro e a cerca de 75km de Urubici, encontra-se o Parque Eólico. Quem tiver interesse em visitá-lo deve seguir por uma estrada de terra até a guarita de entrada, onde será cobrado o valor de R$ 5,00 por pessoa. O principal atrativo é sem dúvida o conjunto de imensas torres de vento. No total são 62 e cada uma delas é capaz de fornecer energia para 9 mil residências. Ainda nos limites do parque, está também o pouco visitado Cânion da Ronda, com 1.457m de altura e uma linda vista.

Parque Eólico - Urubici

Cascata da Barrinha – Bem próximo ao Parque Eólico, às margens da rodovia SC-390 está a Cascata da Barrinha, encantadora, de fácil acesso e aberta ao público. No entanto, não vi ninguém se aventurando em suas águas geladas.

Cascata da Barrinha

Onde comer

As baixas temperaturas aumentam bastante a fome e refeições calóricas tornam-se excelentes opções!
Seguem comentários sobre os dois restaurantes que eu visitei:

Emporium Serra do Sol – Pra quem busca algo mais aconchegante e com boas opções de pratos, cervejas e vinhos, minha dica é o Emporium Serra do Sol, trata-se de um pub/ restaurante extremamente charmoso, com decoração rústica e diferentes ambientes, o que permite ao cliente escolher entre um local mais badalado ou reservado de acordo com sua preferência.

Pizzaria Rota da Neve – Aos que buscam algo mais ogro, no estilo “comer até morrer”, indico o rodízio da Pizzaria Rota da Neve, que além de opções de pizzas salgadas e doces, possui também alguns outros pratos inclusos no valor. No dia da minha visita os pratos eram lasanha e treveiro, uma comida típica feita com pinhão, linguiça, pimentões entre outros ingredientes igualmente saborosos. O valor do rodízio é bem razoável (R$28,00). Minha única restrição fica por conta da carta de vinhos, que realmente é bem fraca. Quem optar por levar sua própria garrafa paga R$20,00 pela rolha.

Onde ficar – Além de inúmeras pousadas e alguns hotéis, em Urubici há também a oferta de hospedagem nas residências de moradores, como forma de suprir a crescente demanda do turismo na região.

Pesquisando entre as diferentes alternativas, encontramos a casa da Maria! Nos hospedamos em um dos quartos que ela aluga e recomendo! A casa é bem localizada, aconchegante, organizada e impecavelmente limpa!

Contato:
Maria
Tel: (49) 9821-5855

  1. Osvaldo Luiz Balbinot

    Uma correção: a maior altitude do Sul do País está poucos quilômetros a norte, no CAMPO DOS PADRES. É o morro Boa Vista com 1828m. Com este, abriga três dos quatro pontos mais elevados de SC. O morro da Igreja é O SEGUNDO. Mas é o ponto habitado mais alto do Brasil.

  2. Osvaldo Luiz Balbinot

    Em momento algum da reportagem foi citado que o morro da Igreja está situado no PARQUE NACIONAL DE SÃO JOAQUIM, o que denota desprezo e desconsideração para com as unidades de conservação brasileiras.

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *