Cunha: Roteiro de 2 dias

Terra da Lavanda, do Pinhão, da Cerâmica… Essas são algumas das referências que você vai ouvir com frequência atreladas a Cunha, uma cidadezinha montanhosa e charmosíssima, localizada a Leste do Estado de São Paulo, a 241 km da capital.

Lavandário de Cunha

Considerando a quantidade de atrativos, se você tiver disponível apenas um final de semana, vale a pena planejar muito bem o que tem intenção de visitar e os horários de funcionamento de cada estabelecimento. Apesar de as distâncias serem pequenas, muitos pontos de interesse são acessíveis apenas por estrada de terra, o que aumenta consideravelmente o tempo de chegada estimado.

ROTEIRO 1º DIA

Saímos de São Paulo em um sábado por volta das 10h da manhã e nosso principal objetivo era acampar no topo da Pedra da Macela. Estávamos empolgadíssimos com a ideia de presenciar um nascer do sol memorável, enchemos o carro com as tralhas de camping e partimos para mais uma aventura.

Chegamos a Cunha por volta das 13h, fizemos uma breve pausa no Portal da cidade, onde conseguimos mapas e algumas informações sobre localizações. De lá seguimos direto para as cachoeiras, o almoço teria que esperar!

CACHOEIRA DO DESTERRO

Cachoeira do Desterro Cunha

Seguindo pela estrada do Monjolo, a Cachoeira do Desterro será a primeira a ser avistada, ela está a 9,7 km de distância do centro, sendo 2 km de asfalto e o restante por estrada de terra. Uma pequena trilha de cerca de 300m deve ser percorrida a pé.

Essa não é uma cachoeira muito grande, mas sem dúvidas inspira um mergulho! Ela é composta por 2 quedas d’água, que formam uma bela piscina natural.

ESTRADA REAL

Estrada Real Cunha

O termo Estrada Real se refere aos caminhos percorridos pelos colonizadores a partir da descoberta de ouro em Minas. Parte desse histórico trajeto cruza a cidade de Cunha. É interessante observar a sinalização ao longo do percurso.

CACHOEIRA DO PIMENTA

Cachoeira do Pimenta Cunha

Seguindo pela mesma estrada por mais 3 km, chega-se à Cachoeira do Pimenta, formada por diversas quedas, com uma altura total de 90m. Há uma boa estrutura no local: banheiro, lanchonete, deck para observação, além do Museu da Energia, que explica o surgimento da energia elétrica no município.

CONTEMPLÁRIO

Contemplário de Cunha

No caminho de volta, no Km 61,5 da Rodovia Cunha-Paraty, graças a uma feliz casualidade, descobrimos o Contemplário, um local que reúne plantação de Lavanda, laboratório de essências, lojinha de souvenirs e um encantador café envidraçado, de onde se pode literalmente “contemplar” a beleza daquela paisagem lilás e perfumada.

Contemplário de Lavandas

Chegamos bem no final do dia, com os últimos raios do sol de outono, que insistia ir embora cedo, mas ainda tivemos tempo para um café acompanhado de um delicioso bolo de lavanda com cobertura de leite condensado. Recomendo!

Seguimos para a Pedra da Macela, mas o panorama não era nada animador… Estávamos exaustos, já era noite, o frio era de congelar, lá em cima não há qualquer estrutura e uma neblina densa cobria toda a estrada… Decidimos então improvisar um “Plano B”, dormiríamos em uma pousada e no dia seguinte a ideia era madrugar e subir o Pico a tempo de presenciar o nascer do sol.

FESTIVAL DE INVERNO DE CUNHA

Tivemos bastante dificuldade para conseguir hospedagem de última hora, aquele era o último final de semana do Festival de Inverno de Cunha e só descobrimos isso quando chegamos lá! A cidade estava lotada e os preços estavam bem acima do habitual, mas no final achamos um lugar bem aconchegante a bom preço e ainda aproveitamos as iguarias do festival, que estavam fantásticas! Me encantei com a sopa de Pinhão, realmente muito saborosa!

ROTEIRO 2º DIA

PICO DA PEDRA DA MACELA

Pico da Macela - Cunha

Nossa dolorosa meta de acordar antes das 5h da manhã foi cumprida! Como teríamos uma estrada de terra pela frente + uma caminhada de 2 km morro acima, realmente precisamos madrugar!

A Pedra da Macela está a 1.840m de altitude e oferece a melhor vista de Cunha, em dias claros se pode avistar até mesmo Ilha Grande, Angra e Paraty.

No local não há nenhuma infraestrutura e o espaço para camping também é bem reduzido, pois ali estão instaladas antenas de transmissão e boa parte do terreno é cercado e inacessível.

A subida foi pesada, tivemos que acelerar o passo e seguir sem parar! Caso contrário perderíamos o nascer do sol. Chegamos a tempo! O dia não estava dos mais limpos, havia um pouco de neblina, mas mesmo assim foi um belo espetáculo!

Amanhecer na Pedra da Macela

A decida também foi difícil, pois o terreno estava bem escorregadio, acho que subimos mais rápido do que descemos… Vencida a ladeira, seguimos um trecho de carro e logo chegamos a uma cervejaria. A vontade de parar era imensa, mas ainda era muito cedo e ela estava fechada… Pior que isso, não teríamos tempo de voltar, já que a programação do dia estava concentrada justamente do lado oposto, a uma distância considerável… Seguimos sem cerveja! 🙁

PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR

O parque Estadual da Serra do Mar foi criado em 1977 com o objetivo de proteger a Mata Atlântica, trata-se de uma imensa área de conservação, com um total de 332 mil hectares, divididos em 10 núcleos de preservação.

Visitamos o núcleo de Cunha, que me pareceu bastante organizado e bem sinalizado. Há monitores no local e das 3 trilhas disponíveis, duas só podem ser feitas com o acompanhamento dos guias.

As trilhas guiadas tem saída às 10h da manhã e dependem de agendamento prévio. Nós não tínhamos essa informação, então pudemos fazer apenas a primeira das 3 trilhas descritas abaixo:

Trilha do Rio Paraibúna
Distância – Percurso circular com um total de 1,7km
Grau de Dificuldade – Baixo
Atrativos: Árvores de grande porte, como a canela, a peroba e a araucária além de poços e cachoeiras banhados pelo Rio Paraibúna.
Acesso: Autoguiada

Trilha das Cachoeiras
Distância – Total de 14,4 km
Grau de Dificuldade – Médio
Atrativos: Cachoeira do Ipiranguinha com 4 quedas d’água
Acesso: Somente com guias

Trilha do Rio Bonito
Distância – Total de 7,6 km
Grau de Dificuldade – Alto
Atrativos: Cachoeira da Laje
Acesso: Somente com guias

Acesso ao Parque: São 20 km em estrada de terra, a partir do km 56,5 da Rodovia Cunha-Paraty.
Entrada: Gratuita

O LAVANDÁRIO

O Lavandário de Cunha

Não, eu não me cansei por ver a segunda plantação de lavandas no mesmo final de semana, aliás, fiquei fascinada! No momento da nossa visita, o céu estava muito limpo, com uma tonalidade de azul admirável, essa “moldura” deixou a vegetação lilás ainda mais bonita.

Lavandario Cunha SP

A propriedade é muito bem cuidada, há um café, com algumas opções de salgados e bolos, bebidas quentes e sucos. Quis arriscar o chá de lavanda, que estava disponível em 3 versões. A que eu escolhi era calmante e gostei bastante do sabor.

Também passamos um bom tempo cheirando todas as essências e observando os souvenirs, foi uma visita muito agradável!

FAZENDA ARACATU

Empório Aracatu - Cunha

Visitamos apenas o empório / café localizado na entrada da fazenda, apesar do tempo escasso, nossa passagem por ali foi muito proveitosa! O Aracatu é um espeço pensado em cada detalhe, decorado em estilo rústico, tem predominância de materiais como tijolinhos aparentes e madeira de demolição. Itens como um fogão a lenha e uma balança de armazém antiguinho, dão ainda mais personalidade ao ambiente.

Fazenda Aracatu Cunha

Delicias não faltam para os gulosos de plantão! Um dos itens mais procurados é o sorvete artesanal, mas como estava muito frio, deixamos pra próxima! Queijos e compotas de sabores variados também são ótimas opções!

Armazém café Aracatu - Cunha

E assim, fechamos nossa passagem por Cunha, com essa ótima surpresa descoberta por acaso.

ONDE FICAR

Pousada Calu

Gostei bastante da Pousada Calu, é confortável, o preço é justo e o café da manhã é sensacional! O bolinho de chuva recheado com banana não vai te deixar sair da mesa tão cedo! Os proprietários Caio e Luciana estão de parabéns!

Pousada Calu - Cunha

https://www.facebook.com/pousadacalu/?fref=ts

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *