Projeto São Paulo a Pé: Vila Madalena

Dessa vez, o local escolhido para a caminhada foi a boêmia região da Vila Madalena, que apesar de se destacar por seus atrativos noturnos, também não deixa nada a desejar na variedade de atividades que oferece durante o dia.

O bairro é cheio de ladeirões, que exigem certo fôlego pra serem percorridos a pé, mas quem estiver disposto ao sacrifício, certamente não vai se arrepender! A quantidade de coisas que atraem o olhar e pedem uma pausa é imensa. De ateliês arte a paredes coloridas por grafites, cafés aconchegantes e restaurantes de todos os tipos. Opções não faltam pra todos os gostos e bolsos. Então respire fundo e aperte o passo morro acima!

Feirinha da Benedito Calixto

Feira Benedito Calixto

O ponto de partida foi a Feirinha da Benedito Calixto, que acontece sempre aos sábados das 9h às 19h. O espaço é famoso pela venda de antiguidades, mas também oferece boa variedade de artesanatos, obras de arte e objetos de decoração.

Às 14h30 começa o “Chorinho na Praça” e o vai-e-vem de pessoas fica ainda mais interessante ao som do cavaquinho e pandeiro. A maioria dos frequentadores é de estrangeiros, que se encantam com nossa música e nossos sabores. Sim! Esse também é um dos horários mais concorridos da praça de alimentação e as barracas de produtos típicos ficam muito disputadas. Difícil resistir ao cheiro de pastel na hora da fome! Pegue sua senha e tenha um pouquinho de paciência, pois a fila anda rápido!

Feirinha Benedito Calixto

Objetos bastante interessantes (e outros nem tanto) podem ser garimpados na feira. Gostei demais das balanças, que me lembram mercearias antigas… O que faria com elas?! Não tenho a menor ideia! Por isso segui sem preguntar o preço pra evitar cair em tentação.

Vitrolas Benedito Calixto

Os telefones de disco e vitrolas também fazem sucesso! A vontade de discar o número zero e esperar a circunferência dar uma volta completa quase me dominou! Devido ao aviso “NÃO MEXER”, imagino que o impulso não tenha sido só meu…

Antiguidades Benedito Calixto

Para os que preferem miudezas, a feira também dispõe de uma grande variedade. Sei que meu entendimento de antiguidades é bem limitado, pra não dizer zero! Mas fiquei pensando o que alguém faria com essa escova prateada com cerdas encardidas?!

Dinheiro antigo

A compra e venda de moedas antigas também tem espaço garantido por ali. Tive a chance de ver moedas de reis, tão presentes nos “causos” contados por minha avó.

Garrafas antigas Benedito calixto

A barraca de garrafinhas retrô também estava bem cheia. Me pareceram todas bem estilosas, em especial a de álcool Zulu!
Localização: Uma das opções de acesso é pela Rua Henrique Schaumann com a Cardeal Arcoverde

Bar do Seu Zé – Empanadas Chilenas

Dei minha passagem pela feira por concluída e segui pela Rua Cardeal Arcoverde, entrei na Fradique Coutinho e fiz uma pausa pra um lanche rápido no Bar do Seu Zé, famoso por suas deliciosas empanadas chilenas. Minha opção foi a de 3 queijos com escarola e castanha do Pará. Poderia ter comido várias, mas me contive pra guardar alguma fome para o almoço.


Localização Rua Fradique Coutinho, 875

Livraria da Vila – Feirinha Positiva

Seguindo pela mesma rua, minha próxima parada foi na Livraria da Vila, dessa vez não para ver os livros, mas para conhecer a Feirinha Positiva, parte da programação da Virada Sustentável. O foco da feira era a venda e divulgação de produtos ecológicos e orgânicos.
Localização: Rua Fradique Coutinho, 915

Maha Mantra – Culinária Orgânica
Apesar de ainda ser um pouco cedo para o almoço, resolvi aproveitar a minha proximidade do local previamente selecionado, o restaurante lacto-vegetariano Maha Mantra. Por um preço fixo (R$37,00 nos finais de semana), é possível servir-se à vontade no buffet de saladas e pratos quentes. Bebidas e sobremesas são à parte.
A comida é bem temperada e alguns pratos bem apimentados. Para o meu gosto, delicioso!
Localização: Rua Fradique Coutinho, 766

Avatim Cheiros da Terra
Segui mais um pouco pela Fradique Coutinho e subi a Aspicuelta essa rua costuma ficar simplesmente intransitável à noite e procuro evitá-la. Dessa vez, durante o dia, aproveitei a oportunidade pra conhecê-la melhor. Uma loja de aromas me chamou a atenção e entrei para conferir. Sabonetes, velas, águas de cheiros e aromatizadores para ambientes são os principais produtos. Gostei muito da fragrância de pitanga, o preço é um pouco “salgado”, mas pra quem busca um presente especial, vale a pena! Minha caminhada ainda seria longa e mesmo lamentando, preferi seguir sem levar nada pra evitar o peso…
Localização: Rua Aspicuelta, 228

Beco do Batman

Beco do Batman

Grande referência em street art, o Beco do Batman já ganhou fama internacional e é prestigiado diariamente por visitantes de diferentes partes do mundo. É bem interessante andar por ali é perceber a mistura de idiomas e sotaques.

Grafite Beco do Batman

A ideia de colorir a estreita viela teve início na década de 80, quando um uma imagem do Batman ali reproduzida atraiu o interesse de estudantes de artes plásticas. Eles começaram a colorir as demais paredes com trabalhos diversos, transformando o local em uma verdadeira galeria a céu aberto.

Beco do Batman Street Art

Os grafites são renovados periodicamente e é comum as pessoas procurarem um trabalho que viram em uma foto e não encontrá-lo, pois já foi substituído.

Grafite Vila Madalena

Difícil é conseguir tirar fotos por ali, pois o movimento de pessoas não para!
Localização: O Beco fica na Rua Gonçalo Afonso , mas também há outra entrada pela Rua Harmonia, altura do número 68.

Armazém da Cidade

Armazém da Cidade

Seguindo em busca de arte de rua, fui para o Armazém da Cidade, localizado bem próximo ao Beco do Batman, o espaço reúne artesanato, arte, moda e gastronomia e tem como grande atrativo um grafite na porta de entrada feito por Eduardo Kobra, o trabalho é uma imagem do Tom Zé “gritando”. O grande problema é que enquanto o Armazém está aberto, com a porta de entrada levantada, não é possível ver a arte.
Localização: Rua Medeiros de Albuquerque, 270

Escadaria do Patápio

Escadaria do Patapio

Escadaria Vila Madalena

Escadaria colorida Vila Madalena

A escadaria de 94 degraus já se transformou em referência artística. O processo de revitalização foi concluído em 2015 e o ar de abandono que o local possuía no foi substituído pelo atraente colorido de azulejos, tintas e garrafas pet.
Localização: Entre as ruas Patápio Silva e Medeiros de Albuquerque

Coffee Lab

A ideia de terminar o tour com um café me pareceu sensacional! Escolhi então a renomada (e igualmente concorrida Coffee Lab). O espaço realmente tem a aparência de um laboratório: paredes cinzas, mesas coletivas e máquinas grandalhonas compõem a decoração. Além de servir cafés deliciosos, provenientes de torras especiais e da criação própria de blends, ainda funciona no local uma escola de baristas. Minha recomendação é combinar o expresso com o brigadeiro de café. Dupla perfeita!
Localização: Rua Fradique Coutinho, 340

Deixe seu Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *